Páginas

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Insônia

Noite insone que se arrasta
Pensamentos desordenados
Escuros e nublados
Prenúncio de tempestade?
Sem sono nem alegria...
Sem motivo aparente
Nada me deixa contente
Virando-me na cama
Um mar de melancolia
Não consegui gritar
Nem devia
Não consegui chorar
Não queria
Como sou emotiva
E por vezes impulsiva
Deu-me uma vontade imensa de beber
Mas... embrigar-me para quê?
Isso não vai apagar o que sinto
Com qualquer coisa me ressinto
De novo me recalquei
Quieta e muda fiquei
Aqui... Num canto de solidão
Tentando controlar o medo
Que invadiu-me tão cedo
E me aperta o coração...
Ah! Agora sei porque estou assim
Você está longe de mim
E o medo de te perder
Me assusta muito, sim
Então peço, volte correndo
Antes que eu acabe morrendo
De saudade de você...
(by Anna Lúcia)

22 comentários:

Jacque disse...

Eu estou oferecendo meu cartãozinho de Natal, no meu Blog AGUA DE ROSAS, apareça...
http://aguaderosas-jacque.blogspot.com/

José Vitor disse...

Noites insone são como eiras que nos agarram como trepadeiras, nos apertam, tira-nos a coberta até que a nós desperta, na agonia acordamos no grito do que clamamos, saudade!...

Anna meus parabéns, é delicioso ler as tuas poesias.

beijos

Lala disse...

Adorei seu post, a descrição do perfil, seu blog, tudo. Achei tudo aqui super original. Gostaria que aceitasse meu award e o selinho mulher de topo. Desejo lhe visitar sempre. Beijos

Flor da Vida disse...

Amiga, seus versos me veste... Belo e profundo poema! Aplausos!!! Carinhos pra ti... Bjsss

Luciana Klopper disse...

Que poetiza maravilhosa vc é! bjs

Daniel disse...

Anna, não há proque se desculpar de sua ausência, sempre que puder apareça. E obrigado pelo comentário sobre a música de minha banda DESUIT chamada Blecaute.

Quanto a sua postagem, diria que há momentos que, por mais que procuremos algo para tapar o buraco em nosso peito, nunca achamos um consolo. Parece que é proposital. Pois é nesse momento que eu acredito que crescemos como ser humano.

Beijos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Anna! Fiquei muito feliz com a tua visita, o teu comentário e, principalmente, por teres te tornado seguidora do nosso humilde espaço. Isso somente aumenta a minha responsabilidade de melhorar tudo aquilo que crio e escrevo. Espero que voltes mais vezes, pois será sempre um prazer renovado. Eu, particularmente, aqui voltarei mais vezes, pois além de teres um espaço muito interessante e bastante aconchegante, tomei a liberdade de me tornar teu seguidor, isso, até quando permitires, é claro.

Quanto ao teu post, lindo poema. Quando a insônia começa a nos visitar, necessário se faz nos permitir alguns momentos de reflexão, saber se realmente o que sentimos propicia dá razão às suas visitas. Rsrs.

Beijos e ótimo complemento de semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Mario Neves disse...

Ah! Como são tristes as madrugadas para quem ama em silêncio ou sozinho.Durante o dia a gente se distrai, fala com um amigo admira uma flor, vê a vida passar pelo vitral da janela e escurecer rapidamente. Mas as madrugadas são diferentes porque o amor transvertido em insônia não deixa as horas passarem e a solidão dói. Mas quem é realmente um amante e não apenas um aventureiro, mesmo não correspondido compreende tudo até mesmo na dor. Sabe que fez o possível, não mediu esforços e vai sabendo que amor é bom, amar é querer bem e não pode ser mau. Apesar de tudo leva ainda o sorriso e vai pela vida amando a imagem doce de um amor. O amor verdadeiro não morre, ocorre que a vida e dinâmica e eis que surge um novo encantamento e cobre o anterior mais não o mata. É perda de tempo querer entender o amor, portanto apenas o sinta, o viva, o usufrua, se não for aceito não procure explicações, o amor é um mistério, talvez um dos poucos jamais revelado. Saudações Poéticas – Mario Neves

don vito andolina disse...

Hola guapa,un placer regresar a tú casa, un lujo perderse en tus letras,gracias por tu amabilidad, buena tarde,besos.

Ao toque do Amor disse...

Oi,Anna...voce tem o nome da minha mãe, igualzinho com dois nn.legal!!!
agradeço sua visita e por seguir o toque tb.
Fiz um cartão de agradecimento e o cartão de seguidora.
No lado esquerdo tem cartões, te ofereço todos eles com muito carinho
san

lucidreira disse...

Ah, como queria poetizar (escrever poemas) como você, és de uma ternura e verdade incrível, pois eu sofro desse mal, a INSÔNIA.
Obrigado pela visita e comentário.
Abraço

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema lindo e cheio de ternura, adorei.

deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

* verinha * disse...

Mas que cantinho mais lindo este aqui o seu Ana!!!.. Parabéns!!!

Uma beijoka em seu coração...
*verinha*

nacasadorau disse...

Olá amiga Anna!

É difícil viver longe de quem se ama.
Espero que ele volte rapidamente para si.

Beijinhos e obrigada por ter chegado até mim.

Amapola disse...

Bravo!! Que maravilha de poema, menina... Amei!

À cada palavra, eu me emocionava mais e mais...
Parabéns!

Um grande abraço.

Zélia Gadelha disse...

Vim agradecer a visita e já fiquei... O seu bloge é um encanto muito rico em emoção! Voltarei sempre! ótimo fds pra você! Bjusss

NADJA disse...

Oie doladinha passando ligeirinho para te desejar um Feliz Natal..para vc e familia!!!!
Pois essa ultima semana promete kkkkk ..muitas coisas ainda para fazer... e comprar ufa kkkkk
Mensagem para vc !!!
Que o seu Natal seja cheio de paz e harmonia
em companhia dos amigos e da família.
Que a passagem deste ano renove
e revigore em todos nós a esperança de saúde,
prosperidade, bem estar e felicidade.
Te dolu!!!
Boas Festas Nadjinha e familia!!!
(((QUERIDA TÁ TUDO MUITO SHOW ..É VERDADE DEVE SER MUITO TRISTE INSONIA ..E PENSAR NO AMOR QUE TÁ LONGE DA GENTE HUMMMM BUÁAAA SE CUIDA TÁ !!!

*Simone Fernandes* disse...

Oi Anna, que linda poesia. Às vezes nos sentimos assim... com insônia, rolando pela cama, sem saber ao certo o por quê? Adorei!

Vim também te desejar um Feliz Natal cheio de Paz, Amor, Saúde, Fé... Que tudo se realize, que Deus continue te abençoando e iluminando seus caminhos. Tem um humilde selo de natal pra vc no meu blog, se quiser, pode pegar.

Bjossss,


*Simone*

Ps: Eu adorei a "Carta de Seth - do filme Cidade dos Anjos" vc me permite copiá-lo e postar no meu blog?

Isabel disse...

Minha querida amiga ... ao mesmo tempo que é um prazer ler vc é tb triste , mas poemas são mais belos se forem tristes.. não seriam poemas de uma poestisa se não falassem do amor, amor que dói que faz falta, que faz perder o ar e as noites de sono, ah!!Como conheço esse sentimento.
Meu beijo... ta lindo teu espaço amu vc!!

AC disse...

O canto da saudade toca sempre fundo...

Beijo :)

evanirgarcia disse...

Natal quer dizer
um espírito de amor,
um tempo quando o amor
de Deus e o amor dos seres
humanos deveriam prevalecer
acima de todo o ódio e amargura,
um tempo em que nossos pensamentos,
ações, e o espírito de
nossas vidas manifestam
a presença de Deus.
Meu agradecimento
Pela sua linda amizade.
Beijos ternos e carinhosos,
Evanir.

Viviane da silva disse...

uau!!!